Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desafio de Escrita

Tema #8 Sónia Figueiredo

08
Nov19

Vamos então escrever uma carta...hum...eu a pensar que isso estava em desuso...mas como vou escrever para alguém nos anos 70 faz sentido.

 

Oeste, 01 de Novembro de 2019

 

Querida Amiga,

Em primeiro lugar espero que te encontres bem...aí no lugar onde nunca deverias ter saído.

Estou a escrever-te passados todos estes anos, porque estou rodeada aqui de um bando de pássaros malucos e eles disseram que eu tinha de te escrever, vê lá se isto não é gente que saiu directamente do filme: O Joker.

Eu nem sei por onde começar, porque isto não faz muito sentido..., mas penso que eles não sabem nada de física quântica, e não percebem que é impossível enviar uma carta à criança que fui.

Posso te dizer que pouca coisa mudou nestes anos, o mundo continua louco, basta o facto de te estar a escrever para comprovar isso mesmo.

As crianças hoje em dia tem muitos brinquedos, mesmo muitos. Ainda te lembras de teres pedido tanta coisa no Natal que nunca tiveste? Agora o Natal é todo o ano e depois dão tudo como adquirido.

Lembras-te de andares a correr descalça, de andares de bicicleta, de fazeres um monte de actividades ao ar livre com os amigos? Lembras-te do cubo mágico, do pião, do jogo da macaca, de jogar às escondidas, dos berlindes, do elástico e tantos outros? Agora existem umas coisas chamadas telemóveis e tablets e as crianças ficam horas a ver filmes no Youtube e falam através de redes sociais. Por vezes estão na mesma sala e mandam mensagem escrita em vez de falarem. É estranho? É, mas é isto...a loucura está instalada, mas ainda ninguém percebeu.

Uma coisa que se mantêm são os trabalhos de casa, ou TPC.

A televisão agora tem muitos canais, já não são só 2. E temos a Internet, já não precisamos de enciclopédias.

Hoje em dia as crianças também são uma espécie de super-heróis, daqueles que líamos nos livrinhos, pois têm actividades extracurriculares que não acabam mais: Desporto, música, línguas...e por aí vai. Elas hoje já não têm tanto tempo para brincar como nós. E algumas, ainda andam em campeonatos de um qualquer desporto ou de outra qualquer coisa.

A Olá tem muito mais gelados e isso é bom, já não é só o Perna de Pau, o Super Maxi, o Corneto, o Epá e o Fizz. Nesse aspecto estamos melhor.

Já não usamos apenas um par de sapatos até eles nos deixarem de servir, agora temos muitos pares até deixarem de servir. Mas está a voltar a moda de um armário cápsula, em que só temos que realmente precisamos. Como vês estás outra vez na moda.

O planeta está a ser destruído por nós, seres humanos. Sei que te parece estranho, mas é verdade. As estações já não são como antigamente. Existem muitos problemas com o ambiente devido aos excessos. Temos tudo em demasia e na altura tínhamos muito menos e não precisávamos.

Como vês, aí onde estás eras mais feliz, apesar de teres menos coisas materiais, mas em compensação também não tinhas tantas coisas más como doenças, mil actividades, pouco tempo em família, solidão em jogos num qualquer telemóvel e uma vida vivida através das redes sociais.

Eu sei que não estás a perceber metade, mas eu não consigo explicar porque não posso ultrapassar as 400 palavras, e já devo ter ultrapassado. E posso ser penalizada.

Vês como isto está? É um stress constante.

Beijinhos e continua aí.

Ass. A adulta de hoje

 

Tema da semana: Escreve uma carta para a criança que foste

Sónia Figueiredo escreve aqui

Acompanha todos os posts deste desafio aqui

Segue-nos na nossa página do facebook

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.