Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desafio de Escrita

Tema #8 Mula

02
Nov19

Querida pequena Mula,

 

Escrevo-te do futuro. O mundo não terminou no ano 2000 como vais acreditar e temos agora 31 anos e muitos cabelos brancos. Lê com calma e atenção, um dia agradecer-me-às.

 

Para. Aproveita. Não tenhas pressa de crescer! Sei que não é fácil estares sempre a ouvir ordens de toda a gente mas... Confia em mim: Vai ser o período da tua vida em que menos problemas terás. Depois disso é sempre a subir, uma verdadeira montanha russa de problemas, de avalanches de sentimentos. Como podes acreditar avidamente que crescer irá resolver todos os teus problemas? Tu não tens problemas...! Sei que não és a criança mais feliz deste mundo, mas te garanto, quando cresceres essa coisa da felicidade não vai melhorar propriamente e vais aprender como ela é relativa. Por isso aproveita o agora, inspira fundo, sente o vento das árvores, suja-te toda na lama, atira pedrinhas para o infinito, esquece as discussões dos teus pais - elas não são, nem nunca serão um problema teu - e brinca muito! Que saudades das grandes moradias das barbies que fazíamos com a mobília da sala!

 

Aproveita todos os minutos que tens com os teus animais de estimação. Ainda não sabes mas... Eles não vão durar para sempre. Vão, claramente, durar para sempre no teu coração, mas não na tua vida. Não te minto, vais sofrer, mas vão-te ensinar que o tempo cura tudo. Vais perceber que não é verdade, mas como um adulto normal, vais fingir que sim, que assim é. E a vida continuará.

 

Acredita no Pai Natal! Quando cresceres vais perceber que temos de acreditar em alguma coisa, ainda que tonta, para nos levantarmos todas as manhãs de cabeça erguida e sorriso no rosto e ir trabalhar. E por falar em trabalhar, não caias no erro de ir trabalhar tão cedo, como está previsto que o faças. Vamos tentar construir um novo percurso, tudo a seu tempo, tens tempo para ter a tua independência, o teu dinheiro. Sê criança o máximo de tempo que puderes e não te esforces para que os outros gostem de ti, quem gostar vai ficar, e o tempo encarregar-se-á de te ensinar que quem não fica não é importante. Evita preocupações desnecessárias.

 

Aplica-te na escola. Estuda também o que não gostas porque logo logo o 1+1 vai-se transformar em números irreais, em raízes quadradas e em derivadas e nem vais perceber como chegaste ali, àquele ponto. Vai sempre ser assim na tua vida, nunca vais saber como chegaste àquele ponto. Mas vais aprender a conviver com a velocidade excessiva do tempo.

 

Sê acima de tudo feliz. Abstrai-te do que te rodeia de mau e sê apenas criança. Sê feliz!

 

Vemo-nos no futuro, pequeno eu.

 

 

P.S.: Choca-te: Em adulta vais gostar de sopa! Por isso deixa de fazer birra e come!

 

 

Tema da semana:
Escreve uma carta para a criança que foste.

Mula escreve aqui

Acompanha todos os posts deste desafio aqui

Segue-nos na nossa página do facebook

1 comentário

Comentar post