Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desafio de Escrita

Tema #4 Miluem

11
Out19

Bichanou Lizete a Felismino, em que pé ficam o Cruzeiro às Concheles, a quota na Quinta do Verdete e o negócio?

Tanto a Dra. Lizete como o Eng Felismino eram de proveniência humilde, de famílias trabalhadoras e orgulhosas por terem um dos seus na Universidade.

Por obra do destino, viriam a encontrar-se no Campus da Universidade de Coimbra, e tornaram-se inseparáveis, união que se manteve após a Universidade e se firmou no casamento, formando uma nova família, ambos com carreiras de sucesso (um passado e história reescritos, os verdadeiros não estavam à altura do status entretanto adquirido) e sem qualquer pudor em "atropelar" quem estivesse no caminho.

A vida de reconhecimento social que almejavam estava finalmente ao seu alcance. O noivado da sua filha Beatriz com Henrique, o filho do seu cliente e amigo, Dr. Armando Albuquerque tinha-lhes aberto as portas do restrito "círculo das fortunas antigas" da cidade.

Beatriz tinha terminado há pouco o Curso de Medicina e pretendia tirar um ano sabático, antes da especialização em Cardiologia, e fazer voluntariado no interior do país junto de populações idosas, mas conheceu Henrique e o seu mundo mudou.

Apaixonou-se, todos os seus antigos planos mudaram e tomaram o seu lugar, uma família feliz com filhos queridos e amados e medicina exercida num pequeno consultório.

Henrique era possuidor de um Mestrado em Eng.ª Aerospacial, mas trabalhar não fazia parte dos seus planos, era apreciador de uma vida desregrada de luxo e estravagância,

Beatriz sem saber, era a "moeda de pagamento" de um negócio entre duas famílias, Lizete e Felismino compravam Estatuto Social a Armando Albuquerque e ofereciam uma fachada de respeitabilidade ao seu filho cuja conduta incomodava e embaraçava a família. Com os pormenores do "negócio" assentes, Lizete respirou de alívio.

O local escolhido para o casamento e boda, foi uma belíssima Quinta de Vinho do Porto à beira do Rio Douro, inundada de cores de Outono, que deslumbrava a fina flor da sociedade que ia chegando para as cerimónias. Lizete e Felismino andavam num frenesim com os convidados.

Beatriz, sozinha no quarto estava linda no seu vestido branco. Ouviu vozes em tom alterado, reconheceu-as e entreabriu a porta, ouviu parte da conversa entre Henrique e Armando e decidiu!

NÃO!!!

Tema da semana: A Beatriz disse não. E agora?

Miluem escreve aqui

Acompanha todos os posts deste desafio aqui

Segue-nos na nossa página do facebook

 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.