Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desafio de Escrita

tema #3 Vespinha

29
Set19

As justiceiras

Éramos três, talvez entre os 16 e os 19 anos de idade. Adorávamos animais e há anos que nos indignávamos com a forma como um vizinho «tratava» do seu cão, alimentando-o de restos de comida ainda na frigideira e mantendo-o acorrentado noite e dia fizesse chuva ou fizesse sol.

Um dia esboçámos um plano e levámo-lo a cabo: grafitar o portão da sua garagem, que dava para a rua, para que todos soubessem de que massa era feito. A mensagem era simples: «Sua besta, o que fazes ao cão, fazes a uma pessoa.»

Cada uma tinha um papel: eu, por ser a mais alta, seria a grafitadora, com um spray cor de laranja comprado à socapa numa loja longe de casa. Outra estaria vestida de «senhora mais velha» um pouco mais abaixo na rua, para dar sinal se viesse algum carro ou pessoa. A terceira estaria dentro do seu carrinho na rua de cima para avisar com sinais de luzes e para facilitar a fuga. Era um triângulo bem montado.

Não sei como consegui escapar de casa a horas tardias (estávamos nos anos 90), mas consegui, toda vestida de preto e com luvas. Cada uma assumiu o seu posto e eu lá escrevi a mensagem, escapando-me por uma ruela lateral à casa. Terminado o trabalho, enfiámo-nos as três no carro e zarpámos dali, para ir atirar a lata usada para um descampado e voltar a casa como se nada fosse.

No dia seguinte lá estava a mensagem, bem visível sobre o fundo verde-escuro do portão. Lembro-me de a minha avó comentar comigo o que «tinham feito» na casa do «deputado» (parece que o senhor o teria sido em tempos). E de me rir para dentro, conseguindo guardar este segredo durante tantos e tantos anos.

 

Tema da semana: Uma aventura/momento que te tenha marcado

Vespinha escreve aqui

Acompanha todos os posts deste desafio aqui

Segue-nos na nossa página do facebook

 

1 comentário

Comentar post