Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desafio de Escrita

Tema 3 - Marta

08
Jul21

Estava a vir para casa, depois de um dia de trabalho, pensativa e inquieta.

Ela sempre gostara dele. Desde o início. 

Ele era tudo aquilo que se podia pedir, ou desejar. 

Davam-se bem. Entendiam-se.

Ela tinha orgulho nele, e não se inibia de o mostrar.

Sempre tinham tido uma excelente relação um com o outro mas, ultimamente, as coisas tinham mudado.

Ela não sabia explicar. Não é que já não gostasse dele. Mas já não era como antes.

Agora, a relação estava a tornar-se difícil. Não se andavam a entender.

Havia dias em que ela já não podia olhar para ele. Era difícil lidar com ele. Levar as coisas a bom porto.

As pessoas diziam que ela devia livrar-se dele. Que poderia experimentar outras opções, alternativas. Que se sentiria mais feliz sem ele. Até mais rejuvenescida, a partir do momento em que terminasse aquela relação.

Mas as pessoas não sabiam.

Não era fácil pôr fim a uma relação de tantos anos. E, depois, havia sempre a possibilidade de ele a surpreender. De, um dia, ela acordar e perceber que ele voltara a ser o mesmo de antes. E descobrir que aquele amor ainda se mantinha, apesar de tudo.

Só que, naquele momento, não era isso que ela via.

O que ela via, é que já não havia aquele brilho de antigamente. Aquela vivacidade. Aquela graça.

Cada dia que passava, e tinha que lidar com ele, era um tormento. Ou tentava fazer as coisas resultarem, e terminava esgotada, sem qualquer resultado ou, simplesmente, ignorava-o, o que também não a fazia sentir melhor.

Chegou a casa.

Em modo automático, dirigiu-se à gaveta do escritório, de onde tirou aquilo que precisava.

Entrou no quarto. Lá estava ele. Olhou-o uma última vez, como quem tenta descobrir uma última esperança que a impeça, mas não vê nada.

De repente, fez aquilo que nunca pensou fazer.

- Não aguento mais contigo! - afirmou, enquanto o atirava para longe.

E lá estava, ao longe, o punhado de cabelo que ela tinha acabado de cortar!

 

Marta escreve aqui.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.