Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Desafio de Escrita

Tema #3 Inês Pereira

29
Set19

No que diz respeito a aventuras memoráveis e marcantes, tenho a sorte de ter vivido umas quantas, daquelas que contadas, ninguém acredita e outras que nem se pode contar mesmo para não chocar ou não permitirmos julgamentos sobre a nossa conduta ou carácter.

No entanto, quando penso melhor no assunto, constato que a grande aventura da minha vida foi ter-me apaixonado. Haverá algo que marque mais na vida das pessoas? Os amores que temos o privilégio de viver são repletos de ensinamentos, emoções, situações e até desilusões. Por muito imperfeito que seja esse amor, a vida não tem graça sem ele. Mesmo quando não experimentamos o final feliz dos contos de fadas, ganhamos com o acto de viver esse amor.

Diz, a sabedoria popular, que não há amor como o primeiro, e para mim, além de primeiro, é o único que vivi até à data. Já me apaixonei depois disso, mas amor não voltei a sentir. Não sei se será por isso, mas essa aventura que começou na adolescência tem repercussões em mim de formas que, por vezes, nem reparo.

A aventura acontece quando uma menina, com muita mania e que aparentava saber muito sobre a vida, se apaixona por um rapaz pouco recomendável, mais velho e com pouca disponibilidade para assumir os riscos que uma relação implica. Mas que, ainda assim, não eram muito capazes de contrariar a vontade de estar juntos quando os caminhos se cruzavam.

Nesse lugar, onde me encaixava perfeitamente, vivi alguns dos melhores e dos piores momentos da minha vida. Hoje, só resta a lembrança doce desse amor e essa lembrança é suficiente para que não guarde ressentimentos nem arrependimentos, e que continue a acreditar no poder transformador do amor. Existirá melhor aventura para se viver?  

 

Tema da semana: Uma aventura/momento que te tenha marcado

Inês Pereira escreve aqui

Acompanha todos os posts deste desafio aqui

Segue-nos na nossa página do facebook