Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Desafio de Escrita

Tema #2.6 - Charneca em Flor

08
Mar20

Última hora: A Organização Mundial de Saúde (OMS) acaba de declarar que identificou um novo vírus. A disseminação deste agente é extremamente rápida e atinge pessoas de qualquer idade.


Não, não estamos a falar do Covid-19 embora tenha aparecido, de algum modo, associado ao vírus que surgiu a Oriente.
As pessoas que sofrem desta nova patologia viral não têm nem febre, nem tosse, nem espirros nem sequer dores musculares embora se tenha detectado algumas situações de tendinite* que podem, ou não, estar relacionados com a virose.
A doença provocada apresenta uma sintomatologia nunca vista. Há que estar atento a sensações de ansiedade, medo ou mesmo pânico nos casos mais graves. Algumas pessoas têm dores de cabeça e secura ocular devido ao tempo que despendem a olhar para aparelhos electrónicos. Quem sente compulsão para comprar máscaras cirúrgicas ou desinfectantes para as mãos pode já ter sido atingido pelo terrível vírus. Os doentes foram vistos a encher o carrinho de supermercado com pacotes de leite ultrapasteurizado, água, enlatados, pacotes de bolachas, massa ou arroz, tudo em quantidades impressionantes e muito superiores às necessidades quotidianas.
A OMS tudo tem feito para tentar travar a progressão deste microorganismo virtual mas os especialistas crêem que poderá mesmo provocar uma infodemic, uma situação inédita neste século embora se tenha andado muito perto de um caso semelhante em 2009 aquando da Gripe A.
A origem do vírus ainda não está completamente estabelecida mas tudo indica que se deve à rápida difusão de informações pouco rigorosas ou mesmo falsas em variadíssimos suportes.
A melhor prevenção para evitar esta infecção é manter a distância, não só de pessoas doentes como no caso do Covid-19, mas principalmente de redes sociais como o Facebook ou o Twitter, de caixas de comentários de jornais ou mesmo de certos meios de comunicação social. A profilaxia consiste também em procurar informação em páginas fidedignas como a DGS, Direcção Geral de Saúde, o ECDC (Centro Europeu para a Prevenção e Controlo de Doenças) ou a OMS.
Os especialistas daquele organismo internacional já estão a discutir uma possível designação para este novo agente patogénico. Até agora o nome que reúne maior consenso é VHE, ou melhor dizendo, Vírus da Humana Estupidez.

P. S. – Este texto é um exercício de escrita criativa mas nem tudo o que está escrito é ficção.

*Por estarem muito tempo a clicar nas teclas do computador ou no ecrã do telemóvel.

 

Tema da semana: Oh não, um vírus outra vez!

Charneca em Flor escreve aqui

Acompanha todos os posts deste desafio aqui

Segue-nos na nossa página do facebook