Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Desafio de Escrita

Tema #2.6 - Ana Catarina

08
Mar20

“Oh não, um vírus outra vez.”

Pensei eu ao massajar a testa enquanto lia a mensagem da Olivia a combinar um café para me contar sobre um gajo que conheceu.  Mais do mesmo, é uma constante por aqui. Mas pessoalmente é pior.

O brilho nos olhos dela frustra-me, não por não gostar de a ver feliz, mas por saber como acaba. Não é que eu seja adivinho, mas é que é sempre igual.
E começa sempre com “Lucas!!! Nem sabes!”.  Só que eu sei. O problema é que eu sei sempre. Sei mesmo sem que ela fale. São os olhos dela. Os olhos falam por ela.

Quando ela chega, como o sol depois de uma semana de chuva, com um sorriso que começa no olhar dela e termina no meu coração. Já sei que vem algo que me vai custar imenso engolir. E ela nem sabe.

Com aquele olhar ela consegue demolir qualquer esperança de um dia ser eu o motivo do brilho nos olhos dela. Mas com aquele olhar ela também consegue iluminar uma cidade inteirinha.

Eu faria tudo, para a ver feliz, mas falha-me a coragem. E quando a ganho nunca chego a tempo. As flores acabam sempre por ir para a minha mãe. Que no início estranhou, mas passado dez ramos, começou a acreditar que eram para ela. Anda mais feliz, haja alguém.

Queria tanto abrir-lhe os olhos. Mas não consigo, a Olivia acaba sempre infetada com estes vírus que passam de pessoa para pessoa como se todas fossem iguais. Não são, especialmente ela. É diferente, tão diferente. Eles não veem isso, fazem juras e promessas, alimentam-lhe a esperança e entram como um cavalo de Troia para no fim destruírem tudo aquilo que eu tinha acabado de reconstruir desde a última vez.  

A culpa não é dela, é amável, quer ver sempre o lado bom, tem sempre o copo meio cheio.

É melhor eu encher o meu porque já sei que a conversa vai ser longa.

“Lucas!!!” Sinto-a apressar o passo para entrar na pastelaria, esta, onde lanchamos desde pequenos. Nada mudou, nada muda. Infelizmente.

“Livi” – Levanto os olhos do copo enquanto ela se aproxima e ouço o mesmo de sempre.

“Nem sabes, conheci um rapaz a semana passada, e ainda não parámos de falar é surfista vive em Corona - CA, veio passar férias. Acho que me estou a apaixonar…”  Lá vamos nós outra vez.

Tema da semana: Oh não, um vírus outra vez!

Ana Catarina escreve aqui

Acompanha todos os posts deste desafio aqui

Segue-nos na nossa página do facebook