Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Desafio de Escrita

Tema #2.5 Silvergirl

02
Mar20

A Matilde regressou hoje do outro lado do mundo. Sã e salva. E isso era tudo o que eu queria.

Quando ela me falou, pela primeira vez, na eventual ida, encolhi-me de medo. Ela já tão adulta e decidida e eu a sentir que era cedo demais. Nunca é o momento certo para as nossas crias partirem em aventuras arriscadas, verdade? Um aperto no coração e uma centena de "ses" a desassossegarem-me. E se adoece? E se é agredida? E se ela sofre? E se eu não a consigo ajudar? E se ela me falta? Um nó na garganta invadiu-me e não me largou durante 2 meses. Eu a tentar ser racional e positiva e a angústia a apoderar-se de mim.

A Matilde é médica e foi em missão salvar vidas. Vidas que valem tanto como as nossas, gente que tem os nossos medos e muitos outros que nem conseguimos imaginar. E eu, egoísta, com medo da segurança da Matilde. Se calhar o coração da Matilde é maior do que o meu, pensei. Se calhar, o meu coração devia ser tão grande como o da Matilde. Mas o meu coração está formatado para proteger todos os que do meu colo fazem casa. Eu sempre fui colo e sei que não quero ser o colo que sufoca, que não dá asas nem encoraja. E assim, contrariando os meus medos, dei-lhe um moleskin de folhas lisas para ela escrever as suas histórias, nesta viagem, que depressa se tornariam memórias de aprendizagem e de humildade.

Foi a experiência de uma vida - a repetir, diz ela.

O bloco regressou sem folhas em branco, o coração da Matilde regressou gigante e o meu... bem, o meu coração ficou muito orgulhoso por saber que a Matilde tem nela um pedacinho do colo que lhe dei.

 

Tema da semana: Acordas e tudo o que mais desejavas realizou-se: conta-nos o teu dia

Silvergirl escreve aqui

Acompanha todos os posts deste desafio aqui

Segue-nos na nossa página do facebook