Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Desafio de Escrita

Tema #2.2 - Joana Rita Sousa

10
Fev20

Não gostou do que ouviu

Maria não se sentia bem. era o corpo que lhe dizia que não se sentia bem. não sabia explicar o que sentia: o corpo é, por vezes, poupado em palavras. doía aqui, doía ali. havia um mal estar. tossia. dor? na cabeça. a perna está cansada. dormir? dorme mal. o jantar nem sempre lhe cai bem e já tem dado por si a vomitar.

Maria decidiu ir a um médico, mas não gostou do que ouviu. não ficou assustada com o volume de exames que lhe foi sugerido e com alguns cenários desenhados. não gostou do que ouviu, das palavras que o médico usou. foi muito técnico e parecia estar a falar de uma torradeira em vez da Maria.

Maria foi a outro médico. uma médica, para ser mais exacta. a senhora olhava-a por cima dos óculos e usava palavras muito compridas, incompreensíveis. Maria não gostou do que ouviu, sobretudo por não perceber nada. 

Maria decidiu ir a outro médico. na recepção da clínica pediu para marcar uma consulta com um poeta. a senhora da recepção ficou muito baralhada, pois por norma não pedem médicos com essa especialidade. a senhora da recepção, a Gertrudes, tem por missão não deixar um paciente sem resposta. e procurou um médico poeta. naquele dia não se falava de outra coisa: afinal, haveria médicos poetas? 

Maria recebeu um telefonema da Gertrudes com a indicação do dia e da hora para uma consulta com um médico poeta. Maria foi à consulta. e gostou do que ouviu. Maria está doente e sabe que vai falecer em breve, pois não tem muito tempo de vida. Maria recebeu essa notícia em forma de poema. 

Tema da semana: É que isto de médicos, nunca fiando

Joana Rita Sousa escreve aqui

Acompanha todos os posts deste desafio aqui

Segue-nos na nossa página do facebook