Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desafio de Escrita

Tema #17 Fátima Cordeiro

12
Jan20

Intervenção da narradora-autora: E no final, Guillaume voltou para cidade-luz, Matilde mudou-se para a cidade-sombra (1) e Guilherme manteve-se na cidade que fica no Litoral mas toda a gente pensa que fica no Interior. Confusos? Eu explico.

Depois daquela tarde secante no café, com Guilherme, a beber cervejas e a ouvi-lo, Guillaume chegou à conclusão que estava melhor em França, na cidade-luz, no seu apartamento e com o seu namorado. E assim fez. No dia seguinte comprou o bilhete na internet, fez as malas e passados três dias já estava a meter a chave na sua fechadura.

Matilde acordou do coma passado um mês. Vendo-se sozinha, percebeu que a relação com Guilherme não tinha futuro e decidiu divorciar-se. Depois do divórcio conheceu um enfermeiro da sua idade. A sua cara assemelha-se à do Frankenstein boticário dos seus sonhos. Matilde adora-o porque ele a trata muito melhor que Guilherme alguma vez a tratou. O novo namorado trouxe-a para morar na capital do país. Matilde ainda está em período de adaptação à cidade. É tudo demasiado novo para ela. E uma cidade cheia de turistas não é muito acolhedora para os cidadãos do país.

Durante o divórcio, Guilherme vendeu a casa onde morava com Matilde e foi viver para uma residencial, juntamente com Constante. Aos 50 anos + IVA gaba-se de nunca ter sido verdadeiramente adulto. A única coisa que mudou nele, depois das cervejas com Guillaume, foi que deixou de gozar com os homossexuais. Mostra tanto respeito por eles e defende-os tanto, que há que pense na pensão que ele é um deles. Não podiam estar mais enganadas, as más-línguas! Guilherme tem uma nova amante com quem se encontra secretamente.

Tema da semana: Luz e Sombra

Fátima Cordeiro escreve aqui

Acompanha todos os posts deste desafio aqui

Segue-nos na nossa página do facebook

 

1 comentário

Comentar post