Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Desafio de Escrita

Pré-desafio #24 - Ossapossabembeijar?

08
Set19

Recebi um mail com a seguinte mensagem:

Olá

Antes de começar o desafio propriamente dito, queremos convidar-te a escrever um pequeno texto (não mais de 400 palavras) sobre as razões que te levaram a participar.

Este texto deverá ser-nos enviado por email e depois, se quiseres, publicado no teu blog.

A publicação no nosso blog será feita por ordem de chegada.
Até já

Beijos e abraços

Os Pássaros

Bom, fiquei logo assustado. Eu deitado na areia de uma bela praia da costa atlântica, a pensar na vida e em outras coisas mais interessantes, e … catrapumba … cai-me isto em cima

Bomm apesar de tudo, bem melhor que cocó de gaivotas

Não refeito da surpresa, fui ao blog dos pássaros ver as regras (nada como ir à fonte das coisas):

“REGRAS

Apresentação e duração

Os Pássaros, como forma de incentivar as interações entre blogs e a escrita, lançam o primeiro desafio de escrita

Este desafio terá a duração de 17 semanas, com início no dia 8 de Setembro de 2019”

Pumba começa bem isto. Nem as regras se cumprem. Gosto mais assim quando as regras existem mas para não ser cumpridas. (é o meu reflexo)

Bom e com isto vão 196 palavras … poxa, isto está quase!! (Esta ideia de reproduzir os pássaros parece-me altamente)

Puxei pela memória para tentar-me recordar por que carga de água me fui meter nesta alhada.

Et voilá … De repente lembrei-me que tinha havido um desafio ente mim e uma pássara … foi um desafio conjunto … vamo-nos ajudando e vamos vendo.

Bom, assim faz mais sentido … entrei nisto em conjunto com uma pássara que, tal como eu, adora escrever … (embora eu seja mais de estudos e escritos eruditos)

Não para ganhar um Nobel (demasiado curto para a minha criatividade), nem para ganhar dinheiro (detesto “aturar” gestores de conta).

Apenas porque gosto de partilhar saberes, sabores, histórias e outras coisas que vou encontrando pela espuma das ondas em que as nossas vidas navegam. (Eh pah que giro … até pus em bold estão a ver??)

E um passarinho quando aprende a voar descobre que não há nada mas mesmo nada que o impeça de voar cada vez mais alto ... (e vão 369)

Mostrei este texto ao tio Jacinto. Depois de o ler com cuidado, disse algo fantástico que tenho que partilhar convosco:

“As coisas que um homem faz por uma passarinha!!!”

Ossapossabembeijar? escreve aqui

E tu, já te inscreveste?

Segue-nos na nossa página do facebook