Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desafio de Escrita

Lenlagalenga alada

10
Abr20

Era uma vez um era não era, que era pássaro armado em pato, que grasnava ao dar corda ao sapato, que batia as horas dois minutos depois das dez, que havia o pobre participante de fazer?

Colocava-se ao computador, olhava para o visor, via a televisão e confirmava mais uma vez, que o teste do Covid era negativo, ainda que a balança acuse mais uns quilos.

Pegava no Teams, fazia uma chamada pelo Zoom e queixava-se que faltava sopa, enquanto esfregava a sanita e envia mais um email para o colega do lado, que dizia que estava em teletrabalho.

No meio desta confusão, vinham de lá os pássaros, com a sua cantoria afinada, mostravam a todos que dós de peito só dão as vacas. Cá nós, cantamos o fado.

Não perceberam?

Aqui vai o tema…

Atualizem-me, por favor!

 

E como se carecesse de esclarecimento, ai de quem passe as 400 palavras, mesmo que a rimar faça prosa ou em que poesia não faça combinar. E mesmo que de vós não saia nada, mesmo que algo se aproveite, coloquem lá a tag “desafio dos pássaros. Não se esqueçam de se lembrar que o texto, link ou coisa parecida, têm de enviar para que possamos publicar. E se tal não vos aprouver… Olhem, subam pela ladeira acima, antes que do sofá caiam aos trambolhões. Esta quarentena está a colocar-nos a todos malucos. Como os cucos, pois não!

 

(A partir de hoje, 10 de Abril, e até à próxima quinta feira esperamos os vossos links, via email para desafiodospassaros@gmail.com está claro, para que possamos publicá-los na nossa página facebookiana)

 

Acompanha todos os posts deste desafio aqui

Segue-nos na nossa página do facebook

 

 

1 comentário

Comentar post