Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desafio de Escrita

Pré-desafio - José da Xã

Desafio dos pássaros, passado e futuro

22
Jan20

 

O Malquíades após aquele desafio da praia deserta, em que surgiu todo nu nunca mais me ligou. Também não tive culpa… foi a passarada que inventou aquele tema (aquele e os outros!). Entretanto soube que a Eva já nasceu, que a Beatriz exibe de um sucesso enorme no mundo das artes plásticas, enquanto o jornalista radicou-se na cidade condal onde está a escrever o seu primeiro romance enquanto toma conta da filha pequenina.

Mais a sério e independentemente de tudo o que se passou, gostei de ter participado na primeira série do Desafio de Escrita dos Pássaros, que no meu caso particular cada semana eram dois desafios, já que para além de tentar cumprir com o tema da semana tinha de o adaptar ao Malquíades, um menino rebelde, que se tornaria num jovem jornalista na maioria das vezes tímido, outras demasiado afoito.

Porém de todos os temas houve um que gostei especialmente. Acima de tudo porque aproveitei para contar parte de uma estória auto-biográfica com muitos anos.

Agora o resto do bando foi surpreendente. Cada semana ficava numa ânsia para ler o que os outros escreviam. E acreditem que li textos simplesmente maravilhosos. E nem vou aqui enumera-los porque tive o cuidado de os comentar.

Agora vem aí a segunda temporada. Espero que mais escritores e novos desafios.

Neste momento nem imagino o que irá acontecer com os próximos motes, mas espero e desejo estar à altura, não dos outros escritores pois tenho consciência que escrevem muito melhor que eu, mas tão-somente à altura dos que já escrevi.

Termino com um estranho desejo que seria juntar o maior número possível destes pássaros num almoço.

A gente lê-se por aí.

José da Xã escreve aqui

Já te inscreveste para o segundo desafio?

Acompanha todos os posts deste desafio aqui

Segue-nos na nossa página do facebook

Pré-desafio - Mariana

22
Jan20

A minha ansiedade anda controlada, e eu devo sentir muita falta de surtos porque decidi inscrever-me na segunda edição do Desafio dos Pássaros! A pessoa não é lá muito criativa e já se imagina a ter (pelo menos) um ataque de pânico semanal, mas sou do tempo em que YOLO era o lema, por isso... Nunca fiz nada assim, por norma atiro qualquer merda para aqui e pronto, um post! Porém(!), decidi começar o Ano apostando em mim mesma! Inscrevi-me mais para me desafiar... Até onde consigo ir? E como vou reagir quando não conseguir levantar voo? Porque sei que vai acontecer. Espero, com este desafio, conseguir ultrapassar-me a mim mesma e aos meus limites. Espero aprender a voar sem manter o pézito no chão.

E espero, sobretudo, não perder os meus últimos dois neurónios!

 

 

A Mariana escreve aqui

Já te inscreveste para o segundo desafio?

Acompanha todos os posts deste desafio aqui

Segue-nos na nossa página do facebook